Segurança de dadosA recomendação dos órgãos de saúde pelo distanciamento social com o intuito de reduzir a contaminação, em função da pandemia da Covid-19, levou muitas empresas a se adaptarem ao home office ou trabalho remoto, inserindo na nossa realidade essa nova forma de trabalho. Desta forma, a segurança da informação e os riscos em tempos de home office são assuntos que precisam ser discutidos.

Apesar dessa modalidade de trabalho não ser novidade, para muitas pessoas e empresas é algo novo e que requer alguns cuidados, principalmente no que se refere à segurança da informação, visto que podem existir riscos ocultos na pratica de trabalhos remotos.

Prova disso foi uma pesquisa realizada pela Check Point, divulgada em 7 de abril, que apontou que 71% dos profissionais de segurança relataram aumento de ameaças ou ataques cibernéticos desde o início da pandemia, incluindo tentativas de malware, phishing e ransomware.

Sendo assim, medidas precisam ser tomadas para que as empresas e os profissionais sejam protegidos desses ataques, visto que, se o computador e a rede doméstica do colaborador não tiverem a segurança adequada, os dados da empresa ficarão vulneráveis.

Então, como garantir a segurança das informações, em meio aos riscos, em tempos de home office?

Medidas de segurança da informação no home office

Antes de tudo, é imprescindível garantir que o computador possua as atualizações de segurança do fabricante, bem como um software antivírus – o que pode nem gerar custos, pois, afinal, existe uma variedade de antivírus gratuitos disponíveis e confiáveis.

Além disso, o uso de um servidor proxy e de um firewall são fundamentais para que a rede da empresa esteja segura contra possíveis invasões, evitando, dessa forma, vulnerabilidades.

Ainda nesse sentido, a instalação de DLP (Proteção de Perda de Dados) e um EDR (Endpoint Detection and Responde) são importantes no sentido de garantir a segurança das informações e realizar um acompanhamento contra possíveis riscos cibernéticos.

Vale destacar ainda um aspecto importante: o uso da VPN, tecnologia popular que garante mais segurança no acesso à internet, a partir de dados criptografados. Portanto, o colaborador acessaria o ambiente de trabalho, por meio desse recurso.

Além da segurança da rede doméstica, que precisa ser realizada por meio da verificação das regras de acesso que não permitem conexão externa, ou por meio de um firewall no roteador, é prudente a alteração do nome da rede e a ativação da criptografia de dados do Wi-Fi, com senhas complexas que dificultem o acesso.

Por fim, é imprescindível que o colaborador tenha consciência da importância da segurança das informações e dos riscos em tempos de home office, e tome os cuidados necessários, como:

– Atentar para e-mails com remetentes suspeitos;

– Criação de senhas fortes;

– Não clicar em links encaminhados por e-mails;

– Fazer logoff do dispositivo, quando não estiver utilizando;

– E em caso de ameaça, informar aos gestores para que as melhores medidas sejam adotadas.

O mais importante em tempos de pandemia, que exige isolamento social, é garantir a realização do trabalho com toda a segurança para a integridade de colaboradores, mas também dos dados da empresa.

Quer saber mais sobre o assunto? Acesse o nosso site, inscreva-se para receber a newsletter com conteúdos exclusivos e curta as nossas redes sociais , facebook e linkedin para não perder nenhum dos nossos conteúdos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário