A pandemia do coronavírus transformou a nossa rotina e exigiu uma série de adaptações em 2020. Talvez a maior delas tenha sido em relação à necessidade do trabalho remoto. Para atender os protocolos de isolamento para tentar frear a contaminação, funcionários tiveram que começar a trabalhar de casa, fazer o chamado home office. Isso só foi possível devido a uma tecnologia que está cada vez mais impregnada em nosso cotidiano e hoje é mais que essencial na realidade em que vivemos: a Cloud Computing, ou computação em nuvem.

Neste artigo, você vai compreender o que é essa tecnologia e de que maneira ela faz parte das nossas vidas nos mais diversos âmbitos, além de saber por que implementá-la em sua empresa é vantajoso e necessário na atualidade. Continue a leitura!

O que é Cloud Computing?

Se ainda não entende muito o conceito, saiba que muitos dos serviços que usamos atualmente são baseados na computação em nuvem. Afinal, essa “nuvem”, a cada dia que passa, faz mais parte do nosso dia a dia e está praticamente em tudo. Quer exemplos práticos? Netflix, Spotify e Google Drive são ferramentas ancoradas na tecnologia Cloud Computing.

Cloud Computing, portanto, é uma solução de TI que permite o acesso a recursos, programas e informações por meio da internet. Dessa maneira, é possível acessar, de forma remota, sistemas e softwares, armazenar dados e processar informações sem a necessidade de fazer instalações ou downloads.

Em relação ao seu funcionamento, a computação em nuvem se divide em 3 tipos: pública, privada e híbrida. A diferença entre elas está relacionada à variação de personalização, custo de implementação e desempenho.

No mundo corporativo, a computação em nuvem é muito usada nos softwares de gestão (ERP), que geralmente oferecem esse recurso, permitindo que gestores e colaboradores tenham acesso às informações inseridas no sistema a qualquer hora e lugar por meio de um dispositivo móvel, desde que haja uma conexão com a internet. Nesse sentido, o tipo de Cloud Computing usado geralmente em empresas é a privada, já que existe a necessidade de personalizar funções conforme as demandas da atividade e de restringir o acesso.

Em um contexto amplo, a tecnologia Cloud Computing veio para democratizar o acesso às informações e dados e melhorar a experiência dos usuários ao utilizar um servidor remoto para conectar dispositivos a recursos centralizados.

As vantagens de utilizar a tecnologia Cloud Computing

Além de seguros, já que em função das suas particularidades necessitam que haja a garantia de que os sistemas de segurança sejam permanentemente atualizados, os sistemas baseados na tecnologia Cloud Computing possibilitam uma série de benefícios ao serem implementados. Confira a seguir:

  • Redução de papéis e espaços físicos necessários para o armazenamento de dados e informações;
  • Otimização de processos e aumento da produtividade;
  • Viabilização do trabalho remoto;
  • Redução de custos com TI e infraestrutura;
  • Centralização da informação e acessibilidade imediata;
  • Menor risco de perda de dados;
  • Confiabilidade e segurança;
  • Elasticidade e escalabilidade.

Todas essas vantagens citadas reforçam que a tecnologia Cloud Computing veio para ficar. O setor segurador vem buscando inovações nos últimos anos e esse é um recurso importante para uma área que lida com um grande volume de informações. Implementá-lo em nossa rotina de trabalho é urgente, já que em pouco tempo nada ficará de fora da “nuvem”.

Gostou deste artigo? Então para acompanhar mais conteúdos e siga-nos em nossas Redes Sociais (Linkedin e Facebook).